Polestar aposta em novos mercados e em mais concessionários

  • Redação Autoportal
  • 3 ago, 10:58

Construtor de veículos elétricos vai ter mais espaços físicos, para permitir aos clientes um contacto mais próximo com os seus modelos

A Polestar continua a apostar na expansão da sua rede, com a entrada em novos mercados e a abertura de novos concessionários já no decorrer de 2021 e com continuação em 2022. Já este ano, o construtor sueco de automóveis elétricos fundado pela Volvo Cars e pela Geely Holding, tem planos para duplicar a sua presença a nível mundial, passando dos atuais nove mercados para um total de 18, nos quais ainda não se inclui Portugal.

Com apenas quatro anos de existência, a Polestar tem tido um crescimento acelerado, ao qual pretende impor um ritmo ainda mais acentuado. Como tal, também os seus espaços físicos irão crescer em grande número, através de um novo conceito a que deu o nome de “Polestar Destinations”.

PUB

Serão uma espécie de “concessionários retail park”, ou seja, de maiores dimensões, localizado na periferia das cidades, e nos quais é possível ficar a conhecer em detalhe os dois modelos atualmente disponíveis (Polestar 1 e Polestar 2), fazer um test drive e ainda proceder ao levantamento do modelo escolhido. Irão juntar-se, aos já existentes nos concessionários “Polestar Spaces”, estes localizados nos centros das cidades.

PUB

A expansão da rede Polestar irá permitir à marca ter um total de 100 espaços físicos a nível global, os quais complementam o modelo de comercialização online, que permite a total configuração e aquisição dos seus modelos por parte dos clientes. Contudo, o construtor reconhece a importância da tomada de contacto próximo com o automóvel e da realização de um test drive, como fatores possivelmente decisores para a aquisição.

PUB

"Estamos a expandir-nos de forma muito rápida, tanto em mercados nos quais já estamos presentes como em novos mercados. Como marca que só está totalmente operacional há pouco mais de 12 meses, este tipo de crescimento é inédito", sublinha Thomas Ingenlath, CEO da Polestar. "Pretendemos expandir-nos a um ritmo semelhante em termos de novos mercados também em 2022. Este ritmo continuado, aliado a novos conceitos de retalho, apoiará o nosso objetivo de superar as expectativas dos nossos clientes”, conclui.

Também ao nível da assistência pós-venda está previsto um alargamento da cobertura por parte da Polestar. Os “service points” passarão dos atuais 650 para mais de 780 até ao final do corrente ano.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Polestar 2 tem nova chave inteligente a partir do smartphone

Polestar 1 despede-se da produção com edição especial

Polestar 2 ganha duas novas versões com um único motor elétrico

Polestar 2 e Cupra Formentor são os primeiros ‘5 estrelas’ Euro NCAP do ano

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS