Já experimentámos as novidades do novo Hyundai i20 que chega em janeiro

  • Virgílio Machado
  • 21 dez 2020, 22:00

Nova geração do i20 surge mais equipado do que nunca

O novo Hyundai i20 chega ao mercado o início do próximo mês de janeiro e a marca anunciou que a revolução realizada neste modelo, tem como objetivo chegar à liderança do segmento em Portugal.

A nova geração do utilitário da Hyundai i20, surge inspirado na nova identidade de design da Hyundai, ‘Sensuous Sportiness’, sendo o primeiro veículo da marca sul-coreana no mercado europeu, dotado com a nova identidade de design.

A nova grelha dianteira, tal como o design das seções dianteira e traseira realçam a revolução que a marca realizou com a nova geração do i20, onde se destaca uma traseira redesenhada e com uma assinatura lumiosa bem distinta e elegante.

Uma nota ainda para a postura do novo modelo que surge melhorada através da redução da altura (-24mm), estrutura mais larga (+30mm) e comprimento aumentado (+5mm), enquanto a distância entre eixos também foi aumentada em +10mm.

Destra forma, as proporções dinâmicas do novo Hyundai i20 oferecem um aumento de largura e uma maior distância entre eixos comparado com a geração anterior, assim como um aumento de espaço para os passageiros na segunda fila de bancos, que têm mais 88mm de espaço para as pernas e mais 40mm de espaço para os ombros face à geração anterior.

O habitáculo conta com vários plásticos duros ao toque, que apesar de bem montados, surgem como o ponto menos bom de um interior, bem pensado e confortável.

Em matéria de arrumação, o espaço da bagageira cresceu em 25 litros face à geração anterior, oferecendo agora 352 litros de capacidade, que aumentam para 1.165 litros com os bancos traseiros rebatidos.

No interior, para além do espaço confortável para os passageiros dos bancos traseiros, destaque para os fortes conteúdos tecnológicos que equipam o novo i20, com destaque para um painel de instrumentos digital com 10,25 polegadas, bem estruturado e de fácil utilização, com todos os comandos bem colocados no volante, para além de um ecrã central de oito polegadas, dotado de ligação Apple CarPlay e Android Auto via wireless.

Em matéria de ajudas à condução, a nova geração do i20 está equipado com as mais recentes funcionalidades de segurança, Hyundai SmartSense, incluindo o Alerta de Arranque do Veículo Dianteiro (LVDA) e o Sistema de Informação da Velocidade Máxima (ISLA), que alerta os condutores através de avisos sonoros e visuais quando estão a conduzir demasiado rápido e a exceder o limite de velocidade.

Este sistema combinado com o sistema manual de limite de velocidade, o Sistema de Informação da Velocidade Máxima, pode até adaptar a velocidade autonomamente. Adicionalmente, a Travagem Autónoma de Emergência deteta, não apenas, automóveis, mas também peões.

Para além disso, este novo i20 conta ainda com o Sistema de Manutenção à Faixa de Rodagem (LKA), Alerta de Fadiga do Condutor (DAW), bem como o Assistente de Estacionamento (PA), que permite um parqueamento semiautónomo, Sistema de Controlo Automático dos Máximos (HBA), que deteta quer os veículos que se aproximam, quer os que circulam no mesmo sentido, à noite, na frente do veículo, alternando entre máximos e médios.

Em matéria de motorizações, o novo i20, conta com um bloco 1.2 MPi de quatro cilindros com 84 cv de potência e uma transmissão manual de cinco velocidades, para além de um motor 1.0 T-GDI de três cilindros turbo com 100 cv de potência e uma caixa manual de seis relações, ou em alternativa, uma transmissão de dupla embraiagem com sete velocidades.

Foi precisamente esta última versão, equipada com o bloco 1.0 e uma caixa manual de seis velocidades, com a qual mantivemos um breve contacto, que nos permitiu perceber o comportamento em autoestrada e em cidade.

Os 100 cv de potência e os 172 Nm de binário, que disponibiliza são mais do que suficientes para uma utilização urbana deste modelo, para além disso a caixa de velocidade é bastante suave, contribuído para um conforto de utilização, mesmo quando a estrada que enfrentamos com o i20 é mais sinuosa, com a suspensão a adaptar-se bem às exigências, apesar de esta não ser uma versão desportiva, essa vai chegar mais tarde.

O novo i20 está equipado com dois modos de condução, Confort e Sport, bastando clicar no botão situado na consola central, para podermos optar por uma condução mais suave, ou em alternativa mais dinâmica. Nesta última é fácil perceber, que quando optamos pelo modo Sport, a direção fica ligeiramente mais dura e o pisar no acelerador permite perceber que o motor turbo ganha mais vida, respondendo de forma mais pronta.

Apesar de termos realizado um ensaio rápido com o novo i20, conseguimos uma média de 6,7 l/100 km, que certamente se ficou a dever ao ritmo imposto para tentar conhecer melhor o novo Hyundai i20, algo que pode melhorar com ensaio mais completo.

No que toca a preços a Hyundai revelou que o novo i20 arranca nos 16.040 euros na versão Comfort com motor 1.2, 17.800 euros na variante Style com motor 1.0 Turbo, 19.580 euros com o nível de acabamento Style Plus com motor 1 litros e 19.400 no Style com bloco de 1.0 e caixa DCT de 7 velocidades.

RELACIONADOS

Já sabemos todos os preços do novo Hyundai i20 que chega em janeiro

Hyundai apresenta o novo Tucson híbrido plug-in que chega na primavera

Hyundai mostra ‘teaser’ do novo elétrico Ioniq 5

COMPUTADOR DE BORDO

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS