Projetar Cidades Inteligentes: Uma necessidade urgente

  • Redação AWAY
  • 4 set, 17:00
CT News
Cidade Conectada (Foto: Tumisu/Pixabay)
Cidade Conectada (Foto: Tumisu/Pixabay)

Como se adaptam as cidades às tecnologias e que elementos são essenciais para uma verdadeira cidade inteligente

As mudanças no mundo ocorridas em 2020 fizeram perceber a importância de uma cidade inteligente e conectada. Durante a pandemia os governos conseguiram manter níveis de segurança para os cidadãos utilizando a tecnologia e os dados a que tinham acesso para melhorar a segurança dos mesmos. Todos os dados acessíveis foram de extrema importância.

Mas a tecnologia ao serviço de uma cidade inteligente não é a realidade de todos os governos e, isto levou a que as principais cidades iniciassem a aplicação de start-ups para desenvolvimento das intervenções necessárias.

PUB

O exemplo vem da cidade de Nova Iorque, que, de acordo com um estudo publicado pela CT News, analisou a problemática dos sem abrigo ou as desigualdades nas rendas das casas, e, dessa forma, tentou através de uma colaboração das empresas com o governo pensar em formas de resolução dos mesmos.

Ao olhar às necessidades, as parcerias com empresas são o primeiro passo na solução de vários problemas e, a melhor maneira de conseguir ofertas sustentáveis. As limitações das políticas governamentais podem ser um entrave e, por isso é importante analisar as questões da privacidade ao trabalhar com tecnologia para um entendimento comum das partes.

PUB

Este é um equilíbrio delicado quando por outro lado, há preocupações com a privacidade dos cidadãos e, por outro a necessidade de um mundo mais conectado e digitalizado. Os governos devem procurar melhorias de segurança bem como a formação de pessoas para construir infraestruturas cada vez mais seguras nas cidades inteligentes.

PUB

Esta recolha de dados permite aos governos entender as estratégias a adotar para os próprios serviços governamentais.

O aumento dos ataques de segurança cibernética na mudança para o teletrabalho, bem como a maior utilização das tecnologias sem conhecimento, são uma preocupação. A alfabetização digital é deste modo urgente para todos, apesar de ser um conceito relativamente novo, é importante que os cidadãos confiem e saibam fazer uma utilização correta da tecnologia.

As soluções de sucesso nas infraestruturas de cidades inteligentes baseada em dados, só podem ser obtidas se os governos trabalharem com fornecedores de tecnologia em conjunto com os seus cidadãos para uma globalização de dados e recursos inteligente.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Seul vai implementar rede de Internet das Coisas com 421 Km até 2023

China impõe regras aos construtores automóveis sobre recolha de dados

Bird tenta incutir um pouco de ordem com nova área de estacionamento

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT