Já tinha imaginado ver um Porsche 911 elétrico?...

Os engenheiros da Everrati, uma empresa sediada em Oxfordshire, desenvolveram uma forma de dar uma nova vida a modelos clássicos que, de outra forma, provavelmente, poderiam não ter um final muito feliz. A solução passa pela sua eletrificação, que dispensa a presença do tradicional motor de combustão, mas que não esquece o prazer de condução, ainda que de uma forma um pouco diferente.

O catálogo da Everrati inclui modelos como o Land Rover Defender ou o Mercedes-Benz Pagade e agora, passa também a incluir o Porsche 911 da geração 964, neste caso, numa unidade de 1991 com a carroçaria mais larga “wide body”, que poderemos conhecer na edição do Festival de Goodwood, no Michelin Supercar Paddock.

Lá atrás, tal como deve ser num 911, está agora um motor elétrico alimentado por um sistema de baterias com 53 kWh de capacidade, que é capaz de oferecer uma potência máxima em torno dos 500 cavalos e um binário de 500Nm, sendo que a autonomia máxima anunciada fica muito próxima dos 250 quilómetros

VEJA MAIS

MAIS VISTAS