Fórmula E revela conversas rádio do ePrix de Hong Kong... e uma grande confusão…

| PC
Formula E - Hong Kong (Reuters)
Formula E - Hong Kong (Reuters)

Ponto prévio 1: alguma da linguagem utilizada pode ferir suscetibilidades;

Ponto prévio 2: a quase totalidade das comunicações são feitas em inglês.

Tendo em atenção as advertências, agora pode seguir em direção à meta do ePrix de Hong Kong que, no início do mês.

Mas tenha atenção, muita atenção. A Fórmula E revelou agora as comunicações rádio entre pilotos e equipas e o percurso é sinuoso – bastante sinuoso...

No meio desta confusão de comunicações que marcou a ronda inaugural do campeonato 2017/18 da Fórmula E, ouve-se Nelson Piquet Jr. a queixar-se de que o seu carro “está a virar como um porco” ou que a sua estratégia e a da sua equipa “parecem ser completamente diferentes”.

Edoardo Mortara vai ainda mais longe e dá uma descasca na sua equipa porque teve de “fazer tudo na primeira corrida” já que a “comunicações foram tão más”...

Nick Heidfeld queixa-se da condução de Jean-Éric Vergne no limiar do “acidente” entre ambos e que está a “fazer slalom”. Dos gritos de Sebastien Buemi a avisar que Lucas di Grassi “está a perder a roda até à pergunta do vencedor Sam Bird para onde é o pódio este compacto de comunicações da Fórmula E mostra que este ePrix foi mais dramático do que se podia imaginar até agora...

Comentários

Veja mais