Miguel Oliveira: “Sinto que estou forte”

  • Redação Autoportal
Miguel Oliveira (KTM Ajo)
Miguel Oliveira (KTM Ajo)

O piloto português Miguel Oliveira foi hoje o sexto mais rápido no primeiro dia de treinos livres para o GP da Austrália de Moto2, que no domingo terá lugar no Circuito de Phillip Island.

O piloto da KTM Ajo, que venceu a prova em 2017, vai tentar evitar o 'xeque-mate' do líder do campeonato, o italiano Francesco Bagnaia, que tem a oportunidade de fechar as contas do campeonato nesta ronda.

"Acabou por ser um dia produtivo. Pareceu-me que já encontrámos uma afinação da mota com a qual me sinto confortável e, por isso, o sentimento é positivo", explicou Miguel Oliveira no final deste primeiro dia de treinos livres.

O piloto português que melhorou o seu tempo na segunda sessão de Treinos Livres, acrescentou que realizou um bom número de voltas com um bom ritmo.

"À tarde conseguimos uma série de boas voltas, a bom ritmo. Concentrei-me em trabalhar o ritmo de corrida sem montar pneus novos para uma volta rápida. No entanto preciso de me sentir mais confortável quando o vento sopra mais forte mas, no geral, sinto que estou forte. Esperemos que o tempo estabilize no sábado para continuarmos com o bom trabalho", concluiu o piloto português.

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais