Dani Pedrosa regressa ao MotoGP ao lado de Miguel Oliveira

  • Redação Autoportal
  • 23 jul, 18:47

Piloto espanhol volta à competição no GP da Estíria

Dani Pedrosa vai volta a participar numa corrida de MotoGP no dia 8 de Agosto quando o Mundial regressar às pistas depois da atual paragem de verão. No anúncio feito pela KTM, o piloto espanhol explica que vai fazer esta aparição especial por causa dos pilotos titulares da equipa austríaca, ou seja, em última (mesmo que não única) instância, a pensar no trabalho que pode fazer para Miguel Oliveira.

“É interessante voltar a uma corrida porque nos dá uma perspetiva diferente quando comparada com um teste normal. Passou muito tempo desde a minha última corrida e, claro a mentalidade para um GP é muito diferente”.

PUB

O piloto espanhol de 35 anos deixou de competir no MotoGP em 2018 tornando-se em 2019 piloto da KTM para desenvolvimento da RC16, que chega neste ano ao seu quinto ano de calendário completo na categoria rainha sendo pilotada por Miguel Oliveira e Brad Binder na equipa oficial austríaca.

KTM destaca o papel de Miguel Oliveira no crescimento da equipa

São os pilotos que depois desenvolvem em pista e em competição o trabalho de Pedrosa realizado por fora nos testes. E, como os cenários são diferentes, o espanhol quer agora reforçar o seu contributo em situação de corrida indo voltar às corridas com um wildcard no GP da Estíria.

PUB

“O meu foco para o GP é tentar testar as cosias que temos não moto numa situação de corrida. eu quero perceber os pedidos que os pilotos possam ter para diferentes sessões e características técnicas. A ver de casa, consigo sentir as evoluções nas motos e na corrida, mas, para perceber melhor o MotoGP agora, as novas tecnologias e como correr e utilizar estratégias contra os adversários, vamos ter este wildcard.”

PUB

O diretor de corridas da KTM está certo de que ter Pedrosa na box no Red Bull Ring “será valioso” para “analisar as partes fortes e não tão fortes da RC16 em condições de GP” esperando que se colha “boas indicações para o seu trabalho de teste”. “O Dani tem tido uma grande influência no nosso projeto de MotoGP graças à sua experiência”, afirma Mike Leitner.

Continuar a ler

RELACIONADOS

Ex-patrão de Miguel Oliveira não o esquece no “bom caminho” das KTM

KTM destaca o papel de Miguel Oliveira no crescimento da equipa

KTM de Miguel Oliveira chega-se à frente e já só perde para Yamaha e Ducati

Mike Leitner e Pit Beirer, da Red Bull KTM muito satisfeitos com Miguel Oliveira

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS