KTM destaca o papel de Miguel Oliveira no crescimento da equipa

  • Redação Autoportal
  • 18 jul, 15:25
Miguel Oliveira com Mike Leitner
Miguel Oliveira com Mike Leitner

Mike Leitner explica a evolução ao longo da época e reconhece o papel que o piloto português teve

A KTM tem vindo em crescendo e está no top três do campeonato de Construtores no MotoGP. A equipa austríaca começou a época em baixa, mas tem vindo a saber adaptar-se, a melhorar e o trabalho de Brad Binder e, sobretudo, de Miguel Oliveira é reconhecido como fundamental para a subida de produção; e para os resultados.

KTM de Miguel Oliveira chega-se à frente do Mundial

Num balanço de meio de época – durante as férias de verão neste mês de julho –, o diretor de corridas da KTM não esquece que “tem sido uma época de altos e baixos até agora”, mas sublinha que o momento atual está em alta: “Em Doha não começámos no nível que esperávamos, por isso, temos lutado para configurar a nossa moto com este novo composto de pneus dianteiros.”

PUB

“Trabalhámos muito no teste de Jerez para nos adaptarmos e, passo a passo, conseguimos dar a volta à situação”, afirmou em entrevista ao MotoGP Mike Leitner frisando que esta já é “uma boa situação”.

E, aqui, já entra o dedo do Falcão português: “Em Le Mans, já sentimos o Miguel bastante forte com piso molhado e seco.” O piloto português acabou por desistir no GP de França devido a uma queda, mas as bases de crescimento ficaram definitivamente lançadas.

PUB

“Em Mugello já tivemos o novo chassi. Trouxe novas oportunidades, foi uma grande ajuda para os pilotos e os resultados apareceram. Estamos muito contentes com as últimas três performances dos nossos pilotos, da equipa e da moto.”

Veja aqui como têm sido os desempenhos comparativos de Oliveira e Binder

Depois do mau arranque em Doha e da recuperação encetada com resultados em Mugello – onde o Falcão foi segundo – Leitner sabe que vai ser preciso continuar a “ajudar os pilotos no plano técnico”, assim como “o trabalho de equipa” para continuar a melhorar, pois “é uma época longa e “os outros não estão a dormir”. “Todos estão a forçar nesta categoria” e esse alerta também pode servir de elogio a Oliveira.

PUB

“O Miguel fez um ótimo trabalho e agora aterrou realmente na nossa equipa de fábrica e reforçou a confiança no seu grupo e entendeu a forma de trabalhar. Ele é um grande piloto, está nos trintas no MotoGP e pode ver-se isso.”

Leitner não esquece Binder para referir satisfação com “os dois pilotos” da KTM, mas, além de estar na frente do seu companheiro de equipa no Mundial, o português teve também uma respetiva dose de reconhecimento dos seus resultados.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Miguel Oliveira vs. Brad Binder: Piloto nacional com vantagem após começo tremido

KTM de Miguel Oliveira chega-se à frente e já só perde para Yamaha e Ducati

Miguel Oliveira deixa aviso: “Têm de contar comigo” até final do campeonato

Miguel Oliveira em grande conquista o 2.º lugar no GP de Itália

Miguel Oliveira tremendo ganha a primeira corrida da época na Catalunha

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS