Verstappen campeão: Mercedes desiste de recurso após intervenção da FIA

  • Redação Autoportal
  • 16 dez 2021, 12:19
Max Verstappen e Lewis Hamilton no GP de Abu Dhabi (Lusa)
Max Verstappen e Lewis Hamilton no GP de Abu Dhabi (Lusa)

Equipa campeã de Construtores dá os parabéns à Red Bull e ao seu piloto

A Mercedes anunciou que desistiu de recorrer da decisão de recusa por parte dos comissários do GP de Abu Dhabi em relação aos dois protestos que a equipa alemã apresentou no final da corrida que selou o titulo mundial de Pilotos para Max Vesrtappen.

A corrida ficou decidida na última volta depois de um período de Safety Car no qual Verstappen trocou os pneus duros para médios. Quando foi retomada a corrida depois da saída do SC, com Lewis Hamilton na liderança (com duros) e o Red Bull no segundo lugar, o neerlandês conseguiu ultrapassar o Mercedes e ganhou a prova e o título.

PUB

A campeã mundial de Construtores apresentou dois protestos depois da corrida decidida nessa última volta polémica. A Mercedes alegou que Verstappen chegou a ultrapassar Hamilton durante o período de SC e contestou a decisão da direção de corrida de deixar cinco carros dobrados (que estavam então depois da paragem do neerlandês na box) entre o inglês e o Red Bull #33.

Os protestos da Mercedes foram recusados logo no domingo e, também logo aí, a equipa alemã anunciou a decisão de recorrer dessa recusa. Nesta quarta-feira, a FIA “propôs ao Conselho Mundial do Desporto Motorizado que seja feito uma análise detalhada e um exercício de clarificação para o futuro” envolvendo “todas as partes” que incluirão equipas e pilotos” para “retirar lições desta situação”.

PUB

Como refere o site da Fórmula 1, a Mercedes reagiu nesta quinta-feira num comunicado. “Anunciamos que retiramos o nosso recurso”, comunicou a equipa alemã explicando que “juntamente com o Lewis” houve uma “deliberação cuidada” sobre como responder aos acontecimentos e que o seu recurso foi motivado pelo “interesse na verdade desportiva” revelando ter havido um “diálogo construtivo com a FIA e a Fórmula 1 para clarificação no futuro e que todos saibam as regras sob que competem”.

PUB

“Assim, saudamos a decisão a FIA de instalar uma comissão para analisar detalhadamente op que aconteceu em Abu Dhabi e melhorar a robustez das regras, a regulação e a tomada de decisões na Fórmula 1. Também saudamos que tenham convidado as equipa e os pilotos para participarem", reforçou a Mercedes.

No que parece ser um ponto final desportivo no Mundial de F1 deste ano, a equipa alemã endereçou formalmente neste comunicado os parabéns a Verstappen pelo título de Pilotos sem esquecer a Red Bull: “Queremos expressar o nosso sincero respeito pelo que conseguiram nesta época. Fizeram a luta por este Campeonato de Fórmula 1 ser verdadeiramente épica. Max, parabéns para ti a e para toda a tua equipa. Estamos ansiosos por voltar a lutar em pista na próxima temporada.”

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

F1: FIA recusa protestos da Mercedes, que anuncia recorrer

F1: Mercedes apresenta protesto contra a classificação do campeonato

Max Verstappen campeão do mundo de F1: 10 vitórias para a história de 2021

Max partiu dos recordes de mais novo de sempre para chegar ao título de campeão

Verstappen: “Às vezes os milagres acontecem”

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS