Miguel Oliveira ou Brad Binder poderão ser trocados por Remy Gardner em 2022?

  • Redação Autoportal
  • 9 jun, 16:41
Miguel Oliveira ou Brad Binder em risco para 2022?
Miguel Oliveira ou Brad Binder em risco para 2022?

Ex-campeão e pai do líder de Moto2 dá entrevista onde deixa algo em aberto

Remy Gardner pode ainda não lhe dizer muito, exceto se já souber que é o atual líder do campeonato de Moto2. Mas se a isso acrescentarmos é filho de Wayne Gardner, ex-piloto e primeiro australiano campeão mundial de MotoGP aí a coisa muda de figura!

Gardner filho mudou-se em 2021 para a Red Bull KTM Ajo na categoria Moto2 e tem mostrado aptidões que já lhe mereceram elogios de equipas de MotoGP e, um convite da KTM.

PUB

Foi, aliás, a própria KTM que há poucos dias confirmou em comunicado que Remy Gardner irá ter lugar em 2022 na equipa satélite KTM Tech 3 de MotoGP, por onde já passou Miguel Oliveira, parecendo assim que já estaria tudo definido.

Remy Gardner foi confirmado pela KTM como piloto da Tech3 para 2022

Assim, a equipa, o piloto e tudo parece estar de acordo. Mas será mesmo assim?

Em declarações ao site motorsport-total Wayne Gardner deixou no ar uma outra hipótese: "Remy já teve convite para integrar a Tech3, no ano passado, e recusou devido à falta de competitividade” tendo ainda o pai acrescentado nesta entrevista “que pensámos melhor e decidimos que o Remy faria mais um ano de Moto2, em 2021, e, depois procuraria uma boa mota”. Já depois desta entrevista, o veterano ex-piloto veio reafirmar o seu entusiasmo pela ascensão do filho à equipa KTM Tech3... mas...

PUB

Se Remy já teve convite para a Tech3 e recusou, e agora a equipa KTM Tech3 confirmou-o para 2022, será interessante acompanhar o resto da temporada e perceber se o australiano irá, de facto, e como já anunciado, substituir Danilo Petrucci ou Iker Lecuona, na estrutura satélite, ou, se poderá complicar as contas na equipa principal onde milita Miguel Oliveira e Brad Binder.

PUB
Miguel Oliveira já testou a nova KTM

Para já, Miguel Oliveira leva vantagem depois de duas estrondosas jornadas, com um segundo lugar em Mugello (Itália), vitória em Espanha e subida ao 7º lugar do campeonato com 54 pontos (a 64 do líder Fabio Quartararo). Mas atenção a Binder, que também não está a facilitar e segue em 9º lugar a apenas 11 pontos de Miguel.

Na KTM ainda assim parece reinar a harmonia (veja o vídeo na publicação abaixo), pelo que o lugar de Gardner em 2022, pode mesmo ser, como a marca anunciou há poucos dias, a equipa KTM Tech3 de MotoGP. 

Continuar a ler

RELACIONADOS

MotoGP: Miguel Oliveira testa moto nova um dia após a vitória em Barcelona

Veja os festejos da vitória de Miguel Oliveira: do Einstein ao ‘Eu estou aqui’...

Miguel Oliveira: “Foi a corrida perfeita, uma das melhores da minha carreira”

Miguel Oliveira: “Foi a corrida perfeita, uma das melhores da minha carreira”

Miguel Oliveira tremendo ganha a primeira corrida da época na Catalunha

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS