WRC: Rali de Monte Carlo abre as hostilidades do campeonato

  • Redação Autoportal
Thierry Neuville (Reuters)
Thierry Neuville (Reuters)
Prova arranca na quinta-feira com a Hyundai e a Toyota em luta pelo título

A Toyota e a Hyundai prometem ser os principais animadores da temporada de 2020 do Mundial de Ralis (WRC) que arranca na quinta-feira em Monte Carlo.

Numa temporada que fica marcada pela ausência da Citroën, que abandonou o WRC no final da última temporada, Hyundai e Toyota sofrem fortes mexidas no seu elenco.

A Hyundai aposta forte no título que lhe tem escapado. Depois de conquistar o de construtores em 2019, surpreendeu com a contratação do campeão do mundo em título, Ott Tanak, juntando-o ao belga Thierry Neuville, um dos três pilotos capazes de discutir o título e que, de facto, o têm feito nos dois últimos anos.

"O ano começa com aquele que é, provavelmente, o evento mais difícil do ano e é importante somar pontos desde o início", sublinhou Tanak.

"O Rali de Monte Carlo é um evento difícil e a escolha de pneus será fundamental", avisou, por sua vez, Neuville, segundo classificado em Monte Carlo em 2019.

A dupla terá a companhia do nove vezes campeão mundial, o francês Sébastien Loeb, que vai tentar ajudar a somar pontos para o campeonato.

"É um rali que tem de ser encarado de forma inteligente. Encontrar o ritmo certo sem correr demasiados riscos", revelou Loeb.

Já a Toyota, gerida pelo antigo tetracampeão mundial, o finlandês Tommi Makkinen, perdeu a sua grande arma, o campeão em título Ott Tanak.

Sem o estónio, que foi a estrela da companhia nos últimos dois anos, Makkinen viu-se obrigado a ir contratar o francês Sébastien Ogier à Citroën, depois de um ano em que o piloto francês não conseguiu revalidar o título de 2018.

Ogier terá como companheiros de equipa o galês Elfyn Evans e a estrela emergente finlandesa Kalle Rovanperä, que entraram para os lugares do irlandês Kris Meeke e do finlandês Jari-Matti Latvala.

"Estou entusiasmado por me estrear com a Toyota. Cada carro tem as suas próprias características e são precisos alguns quilómetros para aprendermos, mas, até agora, tem corrido bem", revelou Ogier, apostado em "lutar pelo sétimo título", naquele que, provavelmente, será o último ano de competição.

A M-Sport recuperou o finlandês Esapekka Lappi, que perdeu o lugar com a saída da Citroën, e conta ainda com o finlandês Teemo Suninen e o britânico Gus Greensmith, terceiro classificado do WRC2 em 2019.

Com a desistência do Chile, o campeonato terá as mesmas 13 provas que nos anos anteriores, com o Rali de Portugal a ter lugar de 21 a 24 de maio.

Desta vez, a Austrália fica de fora, cabendo ao Japão a honra de encerrar as contas da temporada, a 22 de novembro.

Já o Rali de Monte Carlo abre as hostilidades da temporada e arranca na quinta-feira com a realização do Shakedon e das duas primeiras especiais do rali.

Na sexta-feira, dia mais longo do rali, tem lugar seis especiais num total de 122,58 km, enquanto para sábado estão reservadas quatro especiais cronometradas no total de 75,20 km, enquanto no domingo, os pilotos vão realizar as últimas quatro especiais cronometradas da edição deste ano do Rali de Monte Carlo, num total de 63,54.km contra o cronometro.

Itinerário do Rali de Monte Carlo:

Quinta-feira:

Shakedon – 3,35 km

SS1 – Malijai – Puimichel – 17,47 km

SS2 – Bayons _Bréziers – 25,49 km

Sexta-feira:

SS3 – Curbans – Venterol 1 – 20,02 km

SS4 – St-Clément – Freussinières 1 – 20,68 km

SS5 – Avançon – Notre Dame du Laus 1 – 20,59 km

SS6 – Curbans – Venterol 2 – 20,02 km

SS7 – St-Clément – Freussinières 2 – 20,68 km

SS8 – Avançon – Notre Dame du Laus 2 – 20,59 km

Sábado:

SS9 – St Léger les Mélèzes – La Bâtie Neuve 1 – 16,87 km

SS10 – La Bréole – Selonnet 1 – 20,73 km

SS11 – St Léger les Mélèzes – La Bâtie Neuve 2 – 16,87 km

SS12 – La Bréole – Selonnet 2 – 20,73 km

Domingo:

SS13 La Bollène Vésubie – Peira Cava 1 – 18,41 km

SS14 La Cabanette – Col de Braus 1 – 13,36 km

SS15 La Bollène Vésubie – Peira Cava 1 – 18,41 km

SS16 La Cabanette – Col de Braus 1 (Power Stage) – 13,36 km

  • TEMAS:
  • WRC

  • Rali de Monte Carlo

  • Sebastien Ogier

Veja mais