Bernie Ecclestone: “Sebastian Vettel foi uma vítima da Ferrari”

  • Redação Autoportal
Bernie Ecclestone
Bernie Ecclestone

Antigo homem forte da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, acredita que a Ferrari não deu a Sebastian Vettel todo o apoio necessário para o piloto alemão conquistar o título de campeão em 2018

Ecclestone não questiona o domínio de Lewis Hamilton e da Mercedes, mas veio agora lembrar que a equipa de Maranello cometeu demasiados erros ao longo da temporada.

"Lewis foi excepcional e teve todo o apoio da sua equipa ao longo da temporada. O mesmo não se pode dizer de de Sebastian Vettel, e eu tenho a impressão de que a Ferrari sentiu a morte de Sergio Marchionne. De repente a Ferrari começou cometer erros estratégicos e, do lado de fora, notei que a equipa fez mais por Kimi Räikkönen que por Sebastian. Uma equipa tem de apoiar o seu principal candidato ao título. É por isso que vejo  Vettel como vítima da Ferrari e não culpado de toda a situação”, afirmou Ecclestone em entrevista à revista alemã «Autobild».

Para reforçar a sua teoria, Ecclestone lembrou ainda os sucessos da Ferrari no início dos anos 2000, quando Jean Todt estava à frente da Ferrari e tinha como piloto Michael Schumacher ganhou cinco títulos consecutivos.

"Uma equipa deve intensificar seus esforços no seu piloto principal, e não enfraquecê-lo. Jean Todt esteve sempre ao lado Michael Schumacher. Se um piloto não sente o apoio da sua equipa, aumenta o risco de cometer erros”, acrescentou Ecclestone.

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais