Helmut Marko: "A Renault não pode entregar um motor vitorioso"

  • Redação Autoportal
  • 26 dez 2018, 12:51
Manuel Luís Goucha e Vasco Palmeirim

Consultor da Red Bull Racing defende que a equipa fez uma boa opção ao trocar a Renault pela Honda

O consultor da equipa de Fórmula 1 da Red Bull Racing, Helmut Marko, não tem dúvidas de que a equipa estaria melhor se ao longo da última temporada tivesse recebido motores da Honda.

Marko revelou desta forma estar otimista com a nova parceria da equipa de Milton Keynes com a marca nipónica, que vai substituir em 2019 a francesa Renault.

O motor Honda foi globalmente melhorado e segundo as nossas simulações já teríamos tido um melhor resultado com o atual motor da Honda. Mas não temos de pensar nisso e no próximo ano vamos ver como vai ser”, sublinhou Marko em declarações ao «Motorsport-Magazin».

Para Helmut Marko a parceria com a Renault serviu para revelar que a marca francesa não vai conseguir encurtar a distância que separa atualmente os Red Bull dos Ferrari e dos Mercedes.

“Para nós, ficou claro que a Renault não pode entregar um motor vitorioso. Com o orçamento que ele possuem, não poderíamos esperar lutar contra os carros da Mercedes e da Ferrari. Desta forma ficou claro que tínhamos que fazer alguma coisa. Agora, pela primeira vez na nossa história, temos um motor de fábrica”, acrescentou o consultor da Red Bull. 

VEJA TAMBÉM:

COMPUTADOR DE BORDO

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

Largue o telemóvel: conheça as alterações ao Código da Estrada