Imprensa britânica avança que Michael Schumacher não está acamado

  • Redação Autoportal
Michael Schumacher (Reuters)
Michael Schumacher (Reuters)

Cinco anos após o acidente o estado de saúde de Schumacher continua a ser um mistério

Um novo relato relacionado com o estado de saúde de Michael Schumacher, depois do acidente que sofreu no final de 2013, foi agora revelado e dá conta que o antigo campeão do mundo de Fórmula 1, não se encontra acamado nem sobrevive com a ajuda de apoio respiratório, mas que necessita de "cuidados intensivos de enfermagem".

A noticia é agora revelada pelo jornal britânico «Daily Mail», apesar da família continuar a manter um total silêncio sobre a saúde do antigo piloto.

O jornal avança ainda que o antigo piloto alemão necessita de tratamentos que tem um custo de  50.000 euros por semana e que tem um anexo à sua casa na Suíça onde realiza os seus tratamentos.

Esta noticia sobre o estado de saúde de Michael Schumacher, surge depois do presidente da Federação Internacional do Automóvel, Jean Todt, ter revelado que visitou Schumacher,na altura do GP do Brasil de Fórmula 1, no último mês de novembro, tendo assistido à vitória de Lewis Hamilton com o antigo piloto alemão.

VEJA TAMBÉM:

  • TEMAS:
  • Fórmula 1

  • Michael Schumacher

  • Ferrari

Veja mais