Novo Captur chega dia 18 e está pronto para conquistar o mercado nacional

  • Virgílio Machado
Novo Renault Captur chega mais confortável e sofisticado
Novo Captur está pronto para conquistar o mercado nacional
A segunda geração do Captur chega maior e com um design mais moderno e distinto

O Renault Captur, lançado em 2013 é um dos crossover de eleição dos portugueses e a marca francesa vai fazer chegar ao mercado nacional já no próximo dia 18 de janeiro, a nova versão do Captur, que se apresenta repleto de novos argumentos.

Na apresentação nacional do novo modelo que teve lugar na região da Serra da Estrela, a Renault fez questão de mostrar o salto qualitativo que conseguiu alcançar com o novo Captur, que surge com um design mais evoluído e musculado.

Apesar do ar de família estar bem presente, até um olhar mais displicente confirma-o, este novo modelo é bastante diferente do anterior a começar nas suas dimensões, já que é 11 centímetros mais comprido (e com mais dois centímetros de distância entre eixos) e apresenta ainda uma bagageira com 536 litros, ou seja, 86 litros mais que a versão anterior.

Assim num primeiro olhar percebemos de imediato que o Captur surge agora com um ar mais desportivo, com os flancos  esculpidos,  ombros  e  cavas  de  rodas  atléticos,  proteções  inferiores  à  frente  e  atrás,  barras  de  tejadilho,  grelha  dianteira  alargada,  para-choques expressivo e inserções cromadas.

Para além disso o novo Captur reforça ainda o seu ar de SUV compacto tanto na frente como na traseira com uma nova assinatura luminosa em forma de 'C' em LED.

No entanto a grande revolução operada pela Renault no novo Captur está no seu interior que revela-se mais requintado, com revestimentos e acabamentos de maior qualidade, face ao anterior modelo.

Para além disso a revolução tecnológica operada nesta nova versão do Captur é bastante significativa e transmite uma extraordinária sensação de bem-estar.

Para isso, contribuem o novíssimo smart cockpit com Easy Link de 9,3” orientado para o condutor, ecrã TFT digital de 10” personalizável, consola flutuante inédita que integra a alavanca de velocidades futurista 'e-shifter' ao alcance da mão, espaços de arrumação inteligentes.

A tudo isto junta-se assistência à condução reforçada, que é agora de nível 2 em condução autónoma.

Ainda no habitáculo, para além da perceção de qualidade e de tecnologia, sobressaem igualmente as características de conforto e espaço.

Os novos bancos, ao nível dos que equipam modelos de segmentos superiores. Os bancos dianteiros impressionam pelo poder de retenção e pela superior envolvência. Já os passageiros traseiros beneficiam mais 17 mm de espaço, face ao anterior modelo, para os joelhos, com o banco traseiro a manter-se deslizante

Na estrada o novo Renault Captur confirmou os progressos registados em relação à geração anterior. Este novo modelo beneficia da plataforma modular CMF-B desenvolvida pela Aliança e de várias evoluções, como uma direção mais reativa, um eixo dianteiro mais rígido e uma suspensão que alia a eficiência dinâmica, o prazer de condução e ao conforto.

A posição de condução mais elevada, tão característica dos crossover, permite um conforto elevado ao condutor e o comportamento em curva, como pudemos testar nas sinuosas estradas da Serra da Estrela, é bastante positivo.

Na apresentação nacional tivemos a oportunidade de estar ao volante de um dos quatro modelos a gasolina da nova gama de motores, o Tce 130 FAP com caixa automática de sete velocidades, bem como de um dos três modelos a gasóleo, o Blue dCi 115, com caixa manual de seis velocidades, que mostraram todas as suas capacidades.

Uma nota ainda para a insonorização que é bastante positiva, fruto de uma maior eficiência aerodinâmica e do recurso a novos materiais de isolamento, a reforços estruturais diversos, a utilização de alumínio para os apoios de motor e a janelas equipadas com um sistema de dupla estanquicidade, que pudemos testar durante um dia bastante frio e gelado no ponto mais alto de Portugal continental.

Desta forma o Captur que desde 2016 é um dos cinco modelos mais vendidos em Portugal, tendo já vendido cerca de 35 mil unidades, o que dá o curioso número de sensivelmente 14 unidades vendidas diariamente, ganha agora novos argumentos para voltar a conquistar o mercado ao longo de 2020.

Preços do novo Captur

Motor Caixa de Velocidades Zen Exclusive Initiale Paris
Gasolina - - - -
TCe 100 Manual de 5 Vel 19.900€ 21.790€ -
TCe 130 FAP Manual de 6 Vel. - 24.290€ -
TCe 130 FAP EDC - Automática

Dupla Embraiagem 7 Vel.

- 25.790€ 28.790€
TCe 155 FAP EDC - Automática

Dupla Embraiagem 7 Vel.

- 26.190€ 29.190€
Diesel - - - -
Blue dCi 95 Manual de 6 Vel. 24.490€ 26.290€ -
Blue dCi 115 Manual de 6 Vel. - 27.190€ -
Blue dCi 115  EDC - Automática

Dupla Embraiagem 7 Vel.

- 28.690€ 31.690€
  
  • TEMAS:
  • Renault

  • Captur

  • Apresentação

Veja mais